terça-feira, 13 de janeiro de 2015

BORBOLETEANDO

E assim vou pela vida afora, o céu como limite, borboleteando!
art by Flavio Macedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário